NOVO! Faça agora sua inscrição para o Simpósio - USk Paraty 2014!

30.6.12

RODRIGO EM BH





Esta foi uma aquarela que fiz a algum tempo, quando estive em Belo Horizonte visitando meu irmão Rodrigo.. O momento de concentração diante de duas telas (a da TV e a do notebook) facilitou a captação desta pose ..

28.6.12

Drawing Attention - 1º Edição

Todos os meses, a partir de agora, teremos um resumo dos eventos do grupo: O Drawing Attention - seguindo os moldes do Urban Sketchers internacional.
De encontros casuais e sketchcrawls, à publicações e exposições envolvendo nossos correspondentes, a idéia é mostrar a todos como o grupo vem crescendo e como a atividade de Urban Sketching pode abrir muitas portas.
Nesta primeira edição faremos um apanhado um pouco mais abrangente, desde o último Sketchcrawl.

35º Sketchcrawl em São Paulo - 21.04.2012

 A conhecida maratona de desenhos foi realizada no Centro Cultural São Paulo, em um dia nublado do mês de abril. Reunimos mais de 50 pessoas, entre amadores, profissionais e simpatizantes. Tivemos o apoio da Papelaria Universitária, que distribuiu um brinde muito bacana, com camiseta personalizada, caderno de desenho e canetas nanquim. Foi um dia memorável, que culminou com a sessão de retrato coletiva do morador de rua Jefferson.




1º Encontro Mensal em São Paulo - 24.06.2012

Nosso primeiro encontro mensal rolou na Praça Dom Orione, no bairro mais-que-paulistano do Bixiga. O dia foi muito agradável, com direito a almoço em cantina, choppinho e esticada até o Bairro de Higienópolis. Tivemos a visita do amigo Antonio César que veio de Santos para matar as saudades de desenhar entre 'seus iguais', depois de ter passado uma temporada de 4 meses longe de casa. Contamos ainda com a participação do Christian Rabek e do Kano Ferreira, entre outros. Estavam por lá também a Fernanda Campos e o João Pinheiro.
A idéia desses encontros mensais é manter os sketchbooks na ativa!
Tomara que aguentemos com o compromisso por um bom tempo...
A propósito, aceitamos sugestões para o próximo local!









Participação na Mesa de Discussão na PUC-SP - 30.05.2012

Fomos convidados a participar em uma mesa de discussão com o tema "Percepções da Cidade" na Semana Multimeios, da Faculdade de Comunicação da PUC - SP
Eu, João Pinheiro e Juliana Russo, apresentamos aos alunos da PUC nossos trabalhos e a proposta do Urban Sketchers como um grupo que saiu do ambito virtual e tomou as ruas das cidades, integrando apaixonados pelo desenho e estes com suas respectivas (e amadas) cidades.
A mesa contou ainda com a participação da talentosa Raquel Brust, com o interessantíssimo projeto Giganto, e Sergio Basbaum, que costurou tudo com maestria.

Concurso para bolsa no 3º Simpósio Internacional de Urban Sketching
Há algumas semanas, sketchers brasileiros se movimentaram na tentativa de ganhar a desejada bolsa para participação no 3º Simpósio, que começará daqui a duas semanas, na República Dominicana! Infelizmente a bolsa não foi para um brazuca, mas a partipação da galera foi bacana.

Exposição Ribeirão Ilustrado, de Beto Candia -18.06 à 19.07


Cerca de 50 Ilustrações de Ribeirão Preto, do
nosso correspondente Beto Candia, foram tema de uma exposíção no Centro Cultural Palace, em Ribeirão. Beto apresentou seus sketches e ilustrações produzidas durante suas incursões pela cidade. Beto também apareceu em uma farta matéria em um dos principais jornais da cidade.
O objetivo da exposição, segundo Beto:
"Primeiramente mostrar para nós Ribeirão-pretanos, para todo o Brasil e mundo afora, a beleza e a grande importância de nossos pontos turísticos e históricos. Muitas pessoas passam dia a dia por diversos locais e muitas vezes nunca tiveram a percepção de admirar a beleza arquitetônica, paisagismo e etc destes locais. Segundo para despertar em toda a população e órgãos públicos a importância da preservação e manutenção de nossa história!"






Mostra de desenhos de Jony Coelho.

Nosso correspondente de Tubarão / SC expöe seus sketches na Unisul - Universidade Santa Catarina. O tema é bem interessante: seus próprios alunos retratados durante suas aulas na faculdade de arquitetura.















Exposição Cidade para Pessoas, com a participação da querida Juliana Russo - 05.06 a 01.07

Com uma proposta que costura temas urbanos de diversas cidades no mundo, a exposição teve a participação da correspondente e co-fundadora, Juliana Russo, com seus desenhos de delicadas linhas. A exposição está sendo realizada na Matilha Cultural, no centro de São Paulo.







Oficina no Encontro Corpocidade. Abril 2012

Nosso correspondente de Natal, José Clewton, ministrou uma oficina no Corpocidade 2012, que uniu diversas linguagens visuais, incluindo desenho. O Corpocidade promoveu o debate de diversos temas relacionados à cidade, como a apreensão de espaços públicos, e foi promovido pelas Universidade do Estado da Bahia, e Universidade Federal da Bahia.





Matéria em jornal - Ivonesyo Ramos


O carioca Ivonesyo Ramos, foi tema de uma matéria no Jornal O Globo, do dia 25 de junho. A matéria citou sua paixão pela aquarela e pela pintura plein air, pelo bairro da Urca, onde vive.
Ivonesyo teve uma de suas aquarelas na arte de divulgação da série da Globo, Gabriela.













Exposição de Fabien Denoel - 07.06 a 30.06

Nosso colega belga-brasileiro, que passa temporada em sua terra natal, Liege, expõe seus desenhos feitos na cidade onde vive, Vitória, no Espirito Santo.




Daqui a cerca de um mês trarei mais novidades!
O post será mais curto, certamente...mas foi bom ver quanta coisa boa está rolando entre nossos correspondentes.
Se cometi algum deslize, por favor me comuniquem o quanto antes. Se esqueci de alguém, por favor me lembrem também.

Até breve!
Eduardo Bajzek


Escadaria do Bixiga


Domingo, no primeiro encontro mensal do Urban Sketchers Brasil em São Paulo, encontrei com meus companheiros de traço na Praça Dom Oreoni no Bixiga. Estava um dia muito bonito e lá é um lugar ótimo para desenhar. Lá em cima, no topo da escadaria do Bixiga, também conhecida como a Escadaria do Morro dos Ingleses, fiz este desenho.

Insetos Amarelos

Não tinha um terreno baldio aqui na esquina de casa? O cãozinho não respondeu. Só fez o que estava ali para fazer todas as manhãs: xixi. Ficaram os dois olhando o tapume metálico que cercava todo aquele terreno. No dia seguinte o cão percebe o movimento de um inseto gigante e amarelo do outro lado da cerca emitindo sons metálicos e hipnóticos, carregando coisas de um lado para o outro e organizando os movimentos de seus operários. O bípede olha as fotos meramente ilustrativas de propaganda do novo condomínio: dois ou três quartos com suíte, segurança, localização privilegiada, varanda com churrasqueira e vaga na garagem. Pronto. Sem perceber ele já está preso naquele sonho amarelo e o cãozinho percebe o sorriso disfarçado do inseto gigante que não para de trabalhar. Dia após dia o inseto segue empilhando e organizando os tijolos, barras de ferro e tem outros insetos que trazem o concreto de longe, já quase pronto. Tudo é urgente e o trabalho segue noite adentro. Repentinamente, da mesma forma como surgiu, o inseto desaparece e fica só o edifício concluído. Os novos proprietários trazem suas mudanças e se instalam confortavelmente. O cãozinho sabe que o inseto amarelo ainda está lá, escondido. Suas antenas são visíveis no topo do edifício e ele transporta as pessoas para cima e para baixo parando no andar certo e organizando os bípedes em seus apartamentos.


(desenho 1 - fast sketch com caneta tinteiro e aquarela em papel 180 g)
(desenho 2 - caneta roller, marcadores e um pouco de aquarela sobre caderno de desenho escolar ruim)

27.6.12

Mutantes



Estávamos desenhando no viaduto da Rua João Julião, ao lado do Centro Cultural São Paulo, eu e o Eduardo Bajzek, quando três garotos apareceram e puxaram papo. O Vinicius, um dos meninos, pediu que eu o retratasse, o que prontamente fiz como vocês podem conferir no desenho acima. O desenho dos prédios era o que eu estava fazendo. Os meninos disseram que a gente deveria ser mutante por conseguir desenhar tão bem, entendemos isso como um elogio.

São essas coisas que me fazem gostar cada vez mais de desenhar nas ruas.

26.6.12

Psicodrama no CCSP

Todos os sábados as 10:00 horas, até o fim de julho, acontece no Centro Cultural São Paulo uma sessão de Psicodrama onde as pessoas se reúnem e são estimuladas a compartilhar suas dúvidas, anseios, reclamações etc...para poder refletir mais profundamente sobre elas.
 Neste dia 23 os trabalhos foram dirigidos pelo meu amigo e colega de FAU Ricardo Guerra Florez e as questões levantadas foram todas relacionadas à vida na cidade e seus aspectos sociais e políticos. Depois foi escolhida, entre outras, a questão da corrupção para ser apresentada em forma de dramatização para posterior debate.
A situação criada por alguns voluntários foi a seguinte:
Duas pessoas alcoolizadas dirigem seu veículo de volta de uma festa quando são paradas por um guarda que não os prende em troca de  uma propina. Logo depois eles atropelam e matam um pedestre fugindo em seguida.
É incrível como a teatralização consegue motivar a platéia, praticamente todos manifestaram suas opiniões e o debate foi acalorado.
Desenhar esse evento me deixou muito dividido entre tentar registrar o que fosse possível e a vontade de entrar no debate para colocar também as minhas opiniões. Fiquei só com o desenho do grupo e depois tentei de memória ilustrar uma dramatização.


No final todos saímos muito diferentes do que entramos.

25.6.12

1º Encontro Mensal de Urban Sketchers!

Ok! Ok!
Seguindo o embalo da Fernanda e do Edu, senti-me na "obrigação" de postar algum desenho produzido neste encontro...apesar de que, realmente, a mão não estava conseguindo passar para o papel o que os olhos viam e muito menos o que o cérebro ordenava....
Depois de muitos dias sem fazer um rabisco sequer, senti muita dificuldade...prova de que o treino é fundamental para a constante evolução...senão fica nessa: dois passos pra frente; um pra trás...

Coreto da Praça D. Oreoni, Bexiga


Igreja Santa Terezinha, Higienópolis


Consegui fazer estes sketches. Só no nanquim. E mesmo assim, incompletos...
Com marcadores, não saiu absolutamente nada...só gasto de material...
Mas valeu muito! Principalmente por estar na super boa companhia de todos!
Até a próxima!

1º Encontro Mensal em São Paulo

Ontem tivemos o primeiro dos nossos encontros mensais.
Como a Fernanda descreveu no post dela, foi realmente muito gostoso. Dia de sol, desenhos, amigos, boa comida, papo descontraido e um choppinho.
Nos encontramos próximo ao coreto da Praça Dom Orione, colocamos rapidamente a conversa em dia e logo escolhemos um local para sentarmos. Todos demoraram bastante no primeiro desenho eu acho...provavelmente mais de 1 hora.
Enquanto desenhavamos, ficamos observando algumas 'figuras' curiosas...sempre há louquinhos nesses lugares. Fomos praticamente enxotados da sombra de uma barraca (custava a pessoa pedir com educação? tipo "olha, a gente vai precisar colocar umas mesinhas ai...vocês se importariam de sair?").
O almoço foi gostoso pela companhia de todos....a comida estava boa...devo dizer, apenas boa - a expectativa era alta por tratar-se de uma cantina do Bexiga com tanta tradição.
Mais alguns sketches rápidos e fomos em direção à Higienópolis, no IED da Rua Maranhão, onde estava rolando um evento chamado "Mistura Fina".
Cheguei em casa bem cansado...
Seguem os meus...
O primeiro desenho, onde gastei boa parte da energia que eu tinha...

Igrejinha Santa Teresinha em Higienópolis...ô desenho sofrido!

Velhinho, Antonio César (sorry!) e um músico de praça - um retrato fugaz.



Christian Rabek e Antonio Cesar.

Kano Ferreira

Fernanda Campos

Chris Rabek

Eu colhendo a assinatura do Carlos Machado

Descontração
Foi show! E o próximo, onde vai ser?

24.6.12

1º Encontro Mensal de Urban Sketchers!

Hoje foi o Primeiro Encontro Mensal de Urban Sketchers em São Paulo!  Foi um dia extremamente agradável, com muitos desenhos e histórias para contar. Tivemos sorte, o tempo esta ótimo e não choveu!

Nos encontramos na Praça Dom Oreoni, no Bixiga, e depois de almoçarmos na cantina Villa Tavola, seguimos para Higienópolis e fizemos um sketch da Igreja Santa Terezinha, na Rua Maranhão.
Aqui estão alguns desenhos que fiz hoje.

Praça Dom Oreoni

Um poste na frente do restaurante

Igreja Santa Terezinha - Rua Maranhão



Até o próximo encontro mensal!

Conheça os Correspondentes: RIO DE JANEIRO / RJ < Angelo Rodrigues

"Tenho formação acadêmica em Ciências Atuariais (1978) com mestrado em Economia Empresarial. Trabalhei por muitos anos como atuário principal de fundos de pensão e consultor em previdência. Fui professor de Gestão de Risco Atuarial em universidades no Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.  Consolidei minha experiência nessa área publicando textos acadêmicos e livros de Gestão de Risco Atuarial.
A partir do início dos anos 1980 entrei para a Escola de Artes Visuais do Parque Lage, departamento de Gravuras, cursando litografia e gravura em metal. Nesses anos dividi minhas atividades profissionais com a prática do desenho e da gravura, sempre acompanhado de cadernos que se dividiam entre cálculos e esboços, ora para capturar um momento do dia ou ensaiar uma gravura.
Há alguns anos montei um estúdio e desde então tenho me dedicado exclusivamente à arte, com produção de desenhos, fotografias, gravuras e instalações de obras, expondo em espaços no Brasil e no exterior.


Meus  sketches urbanos (e outros também) podem ser vistos no blog http://kadernos.blogspot.com.br/"

Conheça também a vasta galeria de sketches do Angelo, em sua página do Flickr.

Igreja do Carmo, Alcântara Ma

Não tem uma grande historia. É um desenho daqueles que sempre faço em viagens. Neste caso é do tempo em que estava no IPHAN no Maranhão. Resolvi então escanear em papel Canson e colorir uma copia com aquarela.A ousadia no uso da técnica ainda está por vir ! Abs.

Desenhos rápidos

Olá pessoal! Fiz dois desenhos que não são belos, mas experimentei duas coisas novas.



A primeira foi fazer desenho com a espuma do café no interior de uma padaria (tudo bem que não ficou parecido com um padaria). Já li sobre algumas pessoas que fizeram isso, sempre fiquei curioso. O material é bom de se trabalhar!!! rs

E o segundo foi num pequeno caderno, tentando escrever algo no momento que fosse um registro assim como o desenho feito (apesar de ininteligível, é a vista de um prédio no higienópolis).
Não sou acostumado a escrever e isso tem me interessado também.

Abraço a todos!
Hugo

20.6.12

Na hora do almoço

Um pequeno rascunho da passarela da Reitoria da UFRN, em desenho feito em guardanapo, enquanto aguardava o prato do almoço (muito saboroso, por sinal).http://a3.sphotos.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-ash3/598597_10150844729131890_2135218851_n.jpg

Instituto Inhotim - Brumadinho/MG

Mais um sketch em Inhotim...acredito que este seja o último da série.
Lá, foi o lugar onde passeava aos Sábados e/ou Domingos...onde eu recarregava as energias para encarar a semana que iria começar, durante minha estada em Minas Gerais.

Para quem não sabe, estive na grande BH por um período de 4 meses, a trabalho.
Foi um período bastante intenso. Foi do trivial (fazer levantamentos, desenhos e projetos...coisas que sempre fizeram parte da minha vida) ao êxtase (de ser promovido...e de sentir prazer no que estava fazendo, acreditando que poderia ter uma boa gestão de recursos, sem sacrificar o lado humano da coisa). Mas também foi do êxtase a decepção (pois a vida me mostrou que existem pessoas de muito mau caráter...com boca grande e mente pequena...e essas pessoas acreditam que é preciso ter "mão-de-ferro" para fazer as coisas acontecerem e se fazer respeitado).
Se uma "promoção" deve vir às custas de meus princípios, prefiro voltar pra casa. Serei sempre o mesmo, seja "peão", "chefe" ou "patrão". Não mudo meus princípios de acordo com as minhas conveniências, muito menos das dos outros.
Nunca entenderão que o respeito se conquista...e não se impõe.

Mas agradeço muito a Deus pela dura lição: a de não mudar o foco das coisas...de não deixar em segundo plano meus verdadeiros objetivos e sonhos. De não abandonar o que realmente quero fazer...
Aprendi também, através da observação, diversas formas de como "não se fazer" muitas coisas...e a não ser como essas pessoas.
Por outro lado, conheci algumas pessoas incríveis! Na verdade, a quantidade de pessoas boas que conheci nesta jornada, superam em muito as não tão boas...

Enfim, águas passadas. E como se diz no popular: a fila anda!
Vida que segue...



Galeria Miguel Rio Branco - Inhotim
18/03/2012

Agora, vamos falar de coisas boas!
Esta "megaestrutura" (talvez não seja perceptível seu tamanho, devido a falta de escala...sem "menina", Edu!...rs), toda em aço Corten, é uma galeria de arte criada por Miguel Rio Branco.
Ela fica encravada em um pequeno morro, ao final de um caminho em aclive.
Em forma de proa de navio, ela avança em direção aos nossos olhos, com um balanço incrível!
Inhotim é assim! Vc vai seguindo o caminho e de repente aparece algo gigantesco!
Já disse isso antes e repito: quem tiver a oportunidade de conhecer Inhotim, não vai se arrepender!

Na verdade, o desenho ficou com um pequeno erro no seu ponto de fuga, do lado direito...mas tá valendo.
Outra coisa que me chamou a atenção, foi o fato da ausência de sombras. Realmente o dia estava bastante nublado...mas talvez eu não tenha conseguido captar bem isso...

Bem, agora de volta a Santos/SP, estou ansioso para poder a desenhar muito e mostrar mais um pouco da minha cidade para vocês!

Grande abraço a todos e até a próxima!


17.6.12

Ponte dos Ingleses ou Ponte Metálica na praia de Iracema, Fortaleza, recebeu contribuições posteriores transformando-a em magnífico belvedere voltado para a orla da cidade

15.6.12

Grande Baile 2

Grande Baile 2 by Dalton de Luca
Grande Baile 2, a photo by Dalton de Luca on Flickr.

Grande Baile by Dalton de Luca
Grande Baile, a photo by Dalton de Luca on Flickr.
Mais uma do CCSP Centro Cultural São Paulo. Todas as quartas feiras deste mes de junho tem das 12:00 as 14:00 horas uma atividade chamada Grande Baile. Grande oportunidade para desenhar quase de memória.

Nos ônibus


Trago para vocês, novos desenhos feitos dentro dos coletivos.
Destaque para a agonia dos ônibus lotados,com as pessoas em pé.E a calmaria do ônibus
vazio,possibilitando o uso do celular da forma que você queira.

13.6.12

Domingo de Feira - Londrina, PR

Levei meu caderno para passear domingo de manhã na Feira no centro da cidade. Encontrei um bom lugar para sentar e desenhar em frente a este edifício. A parte espelhada refletia de forma quebrada um outro prédio.



Esta barraca de frutas resolvi desenhar com caneta tinteiro de uma forma mais solta e linear contornando os espaços vazios.





Tem sempre alguns músicos ou homens estátua na feira também. Este ai tocava e cantava baixo, não parecia muito preocupado com as moedas colocadas na caixinha. Acho que ele estava mais era passando o tempo e cantando porque gosta mesmo.




(Lápis, Caneta e Aquarela sobre caderno de desenho escolar)