20.10.17

#3 Encontro Nacional Urban Sketchers Brasil . Salvador 2018

Flyer prévio de divulgação do evento

Flyer de divulgação atualizado após o #2 Encontro Nacional USk Brasil em São Paulo

19.8.17

Como o Simpósio foi importante para mim e por que faço parte da organização.

Why was the Symposium so important to me and why I'm part of the organizing committee.


Introdução | Introduction
Que o Simpósio é incrível todos sabemos, mas quero falar da minha experiência.
Barcelona foi meu primeiro simpósio. Em 2013 eu parei de trabalhar como arquiteta e passei alguns meses na Alemanha, motivo pelo qual ir ao Simpósio foi relativamente fácil. Eu sabia que iria ser bom, mas eu não sabia que iria mudar minha vida. Lá eu vi pessoas com as mesmas paixões, trabalhando com algo que eu sempre sonhei em trabalhar. Foi em uma conversa com o Matthew Brehm que decidi começar a dar aulas, e foi no workshop do James Richards que venci uma grande inseguraça. Saí de la com a certeza do que queria, e sou grata a todos que conheci e que me influenciaram a investir mais nessa área. 

We all know the Symposium is amazing, but I want to talk about my experience.
Barcelona was my first Symposium. In 2013 I stopped working as an architect full time and spent some months in Germany, reason why it was quite easy to attend the symposium. I knew it was going to be good, but I didn't know that it was going to change my life. There I saw others with the same passion, working with something that I always dreamt to work with. It was after a talk with Matthew Brehm that I decided to start teaching, and it was during James Richard's workshop that I overcame a very big insecurity (Thank you to you both!). I left the symposium knowing exactly what I wanted to do, and I'm grateful for all the people I met. They helped me to go after what I really wanted.  

Como fui parar na organização | How did I end up in the committee
Ainda na europa recebi uma ligação do Eduardo com uma idéia louca: E se fizéssemos uma proposta para recebermos o Simpósio no Brasil? Lógico que falei sim. E somente nós dois embarcamos nessa loucura. O desafio começou na elaboração da proposta e terminou depois do encerramento, mas valeu cada minuto.
While I was still in Europe I got a call from Eduardo with a crazy idea: What if we made a proposal to host a Symposium in Brazil? Of course I said yes! And we began this crazy journey. The challenge started when we organized the proposal and it ended after the closing party, but it was worth it.

Por que eu continuo nessa loucura? | Why am I still part of this maddness?
Depois do Simpósio de Paraty a Elizabeth Alley me convidou para continuar na organização. Lógico que aceitei! E os motivos são:
After the Symposium in Paraty Elizabeth Alley invited me to continue in the committee. Of course I said yes! And here's why:

Transformador | Transforming
Poucas pessoas sabem que o Simpósio foi o evento que mudou minha vida profissional. Aquela experiência foi tão boa e tão especial, que a idéia de poder contribuir para incentivar outros a desenhar mais e quem sabe, mudar a vida deles, é algo que sempre me motivou. É meu jeito de dizer obrigada.
Few people know that the Symposium changed my professional life. That experience was so good and so special that the idea of being able to do the same for others was always a moving force. It's my way of saying thank you.

Generosidade | Generosity
Não há nenhum outro lugar que supere a generosidade das pessoas que vão ao simpósio. É um momento rico de aprendizado e troca de experiências. Ser parte disso é gratificante.
There's no place like the symposium when it comes to generosity. It's a rich moment of learning and sharing. I'm grateful to be part of it.

Intenso | Intense
O simpósio são alguns dias de reencontros com velhos amigos, pouco sono e muito desenho. No fim é pouco tempo para tudo isso.
The symposium only lasts a few days, and they're full of old friends, not much sleep and a lot of drawing. It's still not enough time for everything. 

Amizade | Friendship
Ao longo desse tempo eu trabalhei com pessoas de todo o mundo, e é uma das coisas que mais gosto. Por conta dessa convivência todos aprendemos muito sobre a cultura e os costumes de diversos continentes. Somos todos diferentes, mas temos o desenho em comum, e isso é suficiente.
Throughout these years I worked with people from all around the world, and this is one of the things I like the most. Because of that we all learned a lot about the culture of the different countries. We're all different but we share the same passion, and this is enough.

Legado | Legacy
Ter participado da organização de simpósios em 4 cidades me fez notar como cada local, devido às suas peculiaridades, produz um evento ligeiramente diferente. No entanto todos contribuem com construção do legado do desenho.
Because I worked in the committee of 4 symposiums I could see how each city, because of its peculiarities, delivers a slightly different event. However, they all contribute to the legacy of on location drawing. 


A equipe foi mudando e hoje sou coordenadora do simpósio. Não é uma tarefa fácil nem simples (e exige MUITA energia e tempo). A cada ano aprendo mais e mais, e no geral me fez muito bem. Pouca pessoas sabem da energia física e emocional envolvida, e muitas não me conhecem a ponto de ver o quão grata eu sou ao simpósio e à comunidade em geral. Queria compartilhar com vocês minha história para, quem sabe, incentivá-los a participar de um ou até ser o anfitrião de um! 
The committee changed and today I'm the symposium coordinator. It's not a simple or easy task (and it demands a lot of time and energy). Each year I learn more and more and generally this has made me feel really good. Few people know the amount of physical and emotional energy needed for that, and a lot of people don't know me enough to see how grateful I am to the symposium and the general USk community. I wanted to share my experience with you so, maybe, I can encourage you to attend a symposium or even host one! 

Por último eu queria agradecer todos os instrutores, que assim como a equipe de organização, são voluntários apaixonados por desenho. Eles compartilham seu conhecimento e contagiam a todos. Obrigada! Espero que muitas pessoas ainda sejam positivamente influenciadas, assim como eu sempre fui. 
Lastly, I would like to thank all the instructors that, like me and the rest of the committee, are volunteers passionate about drawing. They share knowledge and spread joy. Thank you! I hope many others will be positively affected by your energy like I always was. 



Este foi o sketch que fiz durante o workshop do James Richards.
This was the sketch I did during James Richard's workshop.



___

As notícias recentes de Barcelona são chocates. Uma pena que tudo isso esteja acontecendo e que tantas pessoas tenham perdido suas vidas ou se machucado. Não há justificativa para estas ações. :( Foi um choque ver isso acontecendo nos mesmos lugares que tantos urban sketchers desenharam em 2013.

14.8.17

Desenhar à Descoberta do Património

 


Para ajudar a AJUDARIS, decidi aceitar o desafio. Estão todos convidados.
Integrado na Bienal Internacional de Ilustração Solidária da AJUDARIS e em parceria com o POSK.
 
Para além do workshop e do encontro, vou estar 3 dias em Amarante a desenhar a cidade. Os desenhos serão cedidos a favor das instituições de solidariedade. Quem quiser, poderá fazer o mesmo, as crianças agradecem...
 
Aproveito para agradecer à Rosa, pelo convite e ao POSK, por ter aceite o desafio.

Participação livre, mas sujeita a pré-inscrição.
http://www.ajudaris.org/site/

13.8.17

Santa Cruz, o Lugar Camaleão

Santa Cruz, Torres Vedras, Portugal



Para além do ADN, herdei do meu avô a paixão pelos passeios matinais por Santa Cruz. Hoje o dia estava estupendo. Calor QB, maré vazia com as famosas "pocinhas" para a criançada. 



No Largo Jaime Batista da Costa, hoje havia mostra/prova de vinhos de Torres Vedras.


A esplanada do Mar-Lindo está repleta. Deixei o café para mais tarde, caminho para a esplanada para contemplar novamente a praia. Encontro aquele que nunca vai embora, o Antero de Quental a contemplar o mar. Lá está um franciú a tirar uma selfie com poeta, que na sua rectaguarda tem a secular Ermida de Santa Helena (séc. XVI). Muito havia para dizer, mas fico-me pelas lembranças de criança. Foi aqui que os meus pais casaram. Mais tarde era aqui que vinha à missa dominical com a minha avó e a minha bisavó, que faleceu há precisamente 20 anos. Há mais de 15 anos que não entrava. 1º a construção da nova igreja, depois esteve fechada para obras de melhoramento. Entrei, estava vazia, sentei-me. Percebi que quanto menos crente (nada crente), mais gosto do silêncio das igrejas.


Voltei à esplanada do Mar-Lindo, lá estava o meu lugar e aminha oportunidade de fazer mais um rabisco.

Santa Cruz, é mesmo o Lugar Camaleão: tão depressa está frio como está calor; está cheio ou está vazio; o sol brilha ou está nebulado... Mudam as cores, o tempo, os humores e os turistas, o que não muda é a carne e os ossos deste lugar encantado: a beleza natural e as pessoas que cá vivem.

7.8.17