7.6.17

19º Encontro USK Fortaleza - Campus da UNIFOR


O campus da Universidade de Fortaleza é uma imensa área verde localizada na porção sudeste de nossa capital. Suas dimensões, tratamento paisagístico e urbanístico configuram um cenário de parque urbano que, por iniciativa da instituição, é aberto ao público externo nos finais de semana. As praças e vias internas, quadras esportivas e o espaço cultural ficam à disposição da população que se apropriam deste espaço com suas famílias e amigos nas mais diversas atividades de lazer.


O campus foi o palco, no sábado, dia 03/06/2017, do 19º Encontro USK Fortaleza. A realização do nosso evento mensal nessa data e local teve dois objetivos: fazer uma demonstração do movimento USK durante a V Exposição de Projetos do Centro de Ciências Tecnológicas e estimular os alunos dos primeiros períodos do curso de Arquitetura e Urbanismo a conhecer os Urban Sketchers e a exercitar o desenho de observação.


Na minha opinião foi um sucesso! Contabilizamos a participação de aproximadamente 50 sketchers (40 aparecem na foto final) divididos entre os já costumeiros membros e um grande número de novatos. O local disponibilizou grandes áreas verdes bastante sombreadas e muitos lugares para sentar. A praça onde nos reunimos é muito rica de elementos da vegetação e tem poucos edifícios o que acabou determinando a temática dos desenhos como pode ser observado nas imagens. Só consegui produzir um desenho pois passei a maior parte do tempo dando as boas vindas e orientando os novos participantes. Foi uma grande satisfação. Espero que nosso grupo cresça cada vez mais!






















  

5.6.17

Por Igarassu e Olinda (Pernambuco)

Nesse final de semana,estive com a turma do terceiro período do Curso de Arquitetura e Urbanismo da UFRN, realizando mais umaviagem de formação, fruto de uma atividade integrada entre três componentes curriculares do referido período (História e Teoria da Arquitetura, Comunicação Visual e Planejamento Urbano).

Dessa vez a atividade ocorreu nas cidades de Igarassu e Olinda, com o foco nas permanências dos elementos configuradores da cidades barroca nesses dois núcleos urbanos.

A viagem foi enriquecida pela presença da professora Iaçonara Albuquerque (IFRN) que, com seu domínio sobre a temática da Literatura Barroca, nos brindou com a leitura e discussão de alguns poemas do nosso Gregório "boca maldita" de Mattos, durante os percursos e paradas realizadas, notadamente nas praças e nos interiores dos edifícios religiosos.

Os meus desenhos trataram de registrar tanto os edifícios,como alguns detalhes da rica ornamentação destes bens culturais (altares, púlpítos, azulejaria).

A cada viagem, acrescento um pouco mais de prática e de sentido das coisas, revelado pela importância do experienciar o lugar.

A cada desenho, um novo olhar.








4.6.17

Vivenda Malva-Rosa - Santa Cruz



Das poucas resistentes.....
A Vivenda Malva-Rosa fica na Rua José Joaquim Machado, em Santa Cruz. Ao seu lado, um posto de transformação "personalizado", que data de 1953. A casa está muito bem conservada, os proprietários estão de parabéns. É difícil resistir à pressão imobiliária, mas esta casa é a prova que ainda é possível.

3.6.17

Oeste Sketchers em Arruda dos Vinhos

Hoje, a convite do Augusto Pinheiro, desloquei-me até Arruda dos Vinhos - desenhar a Feira Oitocentista. Quem me conhece, sabe que não sou muito dado a recriações, mas tenho de confessar que o ambiente estava fantástico. Sol, música, amigos, ambiente pitoresco e claro, muitos desenhos. Uma experiência repetir. Obrigado Augusto...
 
 
 
 
Cheguei tarde, quase na hora de almoço, mas ainda deu tempo para um desenho rápido - Igreja Matriz e Guarda Nacional. Depois de terminado o desenho encontrei um flyer do evento, decidi colá-lo no desenho - foi feito à medida.
 
 
 
 A 2ª coisa que um sketcher mais gosta é de comer e a 3ª, uma boa esplanada com bom enquadramento. Café no pátio do Palácio.
 
 
 
De tarde voltámos ao largo da Matriz
 
 
 
A caneta preta acabou. Mas quem tem uma velhinha BIC, nunca fica apeado. Os últimos desenhos. Não deu para ficar a tarde toda, mas valeu a pena.

2.6.17

Centro de Interpretação da Judiaria

25_maio_2017
Torres Vedras
 
A inauguração foi no dia 18, mas só consegui lá voltar no dia 25 para desenhar. Um final de tarde com sol, inesquecível. Vale a pena visitar, incluindo o interior, que para além da qualidade do espaço, conta ainda com um conjunto de ilustrações do Bruno Vieira - um excelente trabalho.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

12.5.17

3º Encontro Internacional de Desenho de Rua - Torres Vedras - Portugal

 arte @o centro 2017

Encontro Internacional

Intercâmbio: Portugal; Brasil e Espanha
 
 
13 de outubro a 3 de novembro 2017
 
 
Local: Vários locais do concelho de Torres Vedras
O "arte @o centro" é um evento cultural que tem como principais objetivos a dinamização do centro histórico da cidade e a valorização e promoção do património, através de um conjunto de atividades artísticas.
Este ano, tal como aconteceu nas últimas edições, as atividades estendem-se às freguesias rurais, dando a conhecer aos participantes, o seu património e as suas paisagens. Confere-se, deste modo, igualdade de oportunidades a todos os habitantes do município, possibilitando-lhes o contacto e a participação neste tipo de iniciativas.
As atividades previstas prevêem o intercâmbio cultural entre participantes, população e comerciantes locais, artistas convidados e artistas locais, crianças e adultos.
"arte @o centro 2017" ocorrerá, excecionalmente entre 13 de outubro e 3 de novembro, apresentando, a par das edições anteriores, um programa bastante ambicioso:
  • Exposições de alunos e artistas locais;
  • Coletivo Brasil 2017:Exposição; Residências e oficinas artísticas;
  • Desenhador Residente - "Viver no Centro Histórico"
  • 3º Encontro Internacional de Desenho de Rua.
Os processos criativos terão como conceitos a Utopia e a Distopia.
O 3º Encontro Internacional de Desenho de Rua ocorrerá entre os dias 13 e 15 de outubro, tendo como tema "a Vinha e o Vinho". A organização ficará, uma vez mais, a cargo da Cooperativa de Comunicação e Cultura. Será privilegiado o intercâmbio entre desenhadores de Portugal, Espanha e Brasil, países de origem dos formadores convidados. Durante o encontro estão previstas oficinas de desenho, tertúlias e apresentações de livros.
Os lugares a desenhar foram estrategicamente selecionados, tendo como ponto de partida o tema escolhido, "a Vinha e o Vinho": património industrial, quintas, adegas e vinhas.
Mais informação brevemente disponível.

(Fonte: http://www.cm-tvedras.pt/agenda/detalhes/71620/)

4.5.17

Largo de Santana


#68 Encontro Urban Sketchers Salvador


Croquizeiros: Leandro, Augusto, Alejandra, André, Nei e Pedro.


Fim de tarde no bairro do Rio Vermelho. Acarajé da Dinha, feira de artesanato, sorveteria Mondo, tradicionais bares, o movimento começa aumentar no Largo. Em um clima super agradável, os croquizeiros de Salvador avançam pela noite e desenham o movimento constante do bairro. 

Presença especial do sketcher Peu Melo!



Croqui da Igreja de Santana. Testando marcadores da Sinoart.



Sketchers no Rio Vermelho                                                                                                        Sorvete artesanal Mondo. Delicioso!



Croqui e aquarela André Lissonger


Nesse mesmo dia fui presenteada pelo André com um kit da Sinoart Marker, marcadores em tons de cinza. Acabei resolvendo testar no croqui e gostei do resultado. Os marcadores são bem leves e as duas pontas em uma única caneta facilita muito croquis em escalas distintas, sendo um lado mais fino com a ponta redonda para desenhos detalhados e o outro lado chanfrado para preenchimento de grandes áreas.


Marcadores Sinoart tons de cinza.