30.6.19

Natal - Diário de Bordo - Parte VI



"Construída na primeira metade do século XVIII, foi a quarta igreja edificada em Natal, nove anos depois da construção da Igreja de Santo Antônio. Em 1774  foi também sede da capelania militar do Exército. No governo de Dom Joaquim de Almeida a capela passou para os padres franciscanos e em 1913 foi dirigida pelos padres da Santa e Sagrada Família.
A capela original não possuía suas duas torres como hoje. Tinha uma fachada barroca, com belíssimo frontispício, quase semelhante ao da Igreja de Santo Antônio. Câmara Cascudo que lá foi batizado pelo Padre João Maria, diz que “apesar da Ribeira ser um bairro residencial e com o maior comércio a Capela foi sempre modesta, sem esplendores e seduções materiais”. Tornou-se matriz do Bom Jesus das Dores com a criação da paróquia do mesmo nome, por decreto de Dom Marcolino Esmeraldo de Souza Dantas, na data de 9 de janeiro de 1932.
A bela praça em frente a Igreja não existe mais. Em nome do "progresso" o jardim foi substituído por um cruzamento de ruas para melhoria da Ribeira. Hoje resta apenas  um canteiro inexpressivo no tumultuado trânsito local. Mas a Igreja continua ali, imponente, bem cuidada, sem dúvida um dos mais belos templos da cidade. 
 
 
 
 
 
 
 
 
Antigo prédio centenário da loja de confeções A Samaritana. Ruína.
 
 
 
Galeria de Arte B-612. Antigo banco que foi reabilitado pelo Sr. Anchieta, atual proprietário da Galeria, localizada na Rua Dr. Barata. Esta galeria é aberta aos artistas que não têm condições para ter um atelier próprio e que aqui encontram todas as condições para trabalhar e comercializar as suas obras diretamente com o público. Esta parceria resulta de um programa criado pelo Sr. Anchieta - "Criador e Criatura".
 
 
Ao sairmos, encontramos uma calçada singular - "Calçada de Natal", desenhada por um arquiteto natalense.
 
 
 
 Beco da quarentena. Onde os militares americanos ficavam em quarentena, quando chegava a Natal. Pela quantidade de homens que aqui residia, rapidamente se instalou neste beco um dos principais pontos de prostituição de Natal.
Eis que chegámos à Casa da Ribeira, um centro cultural dedicado às artes do Teatro.
 
Voltámos ao Café-Salão Nalva. Início do 1º Encontro Urban Sketchers Norte-Nordeste - Brasil
 
 
   
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Acabámos o dia, com um grande concerto - Líquidos Modernos, um grupo composto por antigo alunos da Universidade UFRN.
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário