4.3.15

Músicos em ação

Recentemente tenho encontrado grande prazer em desenhar músicos em ação. Um excelente tema, dadas as circunstâncias das apresentações, para aprimorar a velocidade, a capacidade de captar o movimento e a acuidade, necessária para tornar as personagens minimamente reconhecíveis.
    Músicos tocando no bar Recanto do Poeta. Uma quinta-feira à noite, em São Carlos -SP;
    Músicos veteranos tocando marchinhas no sábado de carnaval, na Praça Rio Branco, em Santa Bárbara  d'Oeste -SP.
Show de MPB na Confraria São Sebastião. Uma quinta-feira à noite, em São Carlos -SP.

3.3.15

Los tres amigos na Praia do Forte Bahia Brasil

Janeiro de 2015.
Um ano depois, novamente na Praia do Forte, com os amigos Luís Frúgoli e Marco Requião.
Desenhamos quase todos os dias, tuc tucs, praia, barcos, gente, árvores e a arquitetura local.
O Frúgoli escolhia o tema do dia.








25.2.15

Desenhos feitos em Minas




Desenhos de viagem



Uma viagem para desenhar... E foi assim que aconteceu entre os dias 30, 31 de janeiro a 4 de fevereiro. Fui para as cidades históricas de Minas Gerais: Tiradentes , Congonhas, Ouro preto e Mariana. A primeira parada foi em Tiradentes, uma cidade pequena, acolhedora e sem muitas interferências de construções modernas. Não desenhei muito por lá, pois já cheguei quase anoitecendo e, no outro dia, pela manhã, tive que viajar. Mas fui assistir aos concertos de órgão na Igreja Matriz de Santo Antônio e foi quando tive a oportunidade de estrear meu caderno artesanal e desenhar o órgão. Um belíssimo órgão barroco, construído entre 1785 e 1788. Ao som de músicas antigas. tocadas por vários músicos, dentre eles, Raffael Plautz , Augusto Pimenta e a mestra Elisa Freixo, fiz um sketch rápido desta maravilha.


A segunda parada foi em Congonhas, onde tinha um grande sonho de conhecer as esculturas do mestre Aleijadinho. Logo que entrei me decepcionei com a cidade, pois a parte antiga foi toda "engolida" por construções modernas e sem planejamento. Mas conhecer a Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinho, onde ficam os profetas de Aleijadinho foi emocionante. Fiz um sketch da estátua do Profeta Ezechiel, feito de pedra sabão, no estilo barroco brasileiro, construído entre 1757 a 1790. Ao redor da basílica, estão localizadas as seis capelas onde contém as esculturas do Mestre contando os passos da Paixão de Cristo. Também fiz um sketch de uma destas capelas.




Sobre a basílica fiz um sketch rápido com lápis e só quando cheguei a casa é que pintei com aquarela. É nela que se encontram as obras dos 12 profetas do Mestre Aleijadinho 

Em Ouro Preto, onde foi nosso porto, seguimos para a cidade de Mariana onde junto com meu parceiro de viagem Raffael Plautz, presenciei um dos seus grandes sonhos, que seria tocar no Órgão Arp Schnitger construído por seus conterrâneos alemães no inicio de 1700, o qual fica instalado na Sé de Mariana. Fiz dois sketchers: Um do órgão e o outro da fachada da Igreja.


De volta a Ouro Preto, a joia do Estado de Minas, dediquei mais tempo visitando a cidade e onde fiz mais desenhos. É uma cidade fantástica e ainda quase toda preservada. Por todo lado que se olha se vê um cenário antigo e histórico para captar as imagens através do desenho. Desenhei o Museu da Inconfidência, inaugurado em 1846 por Dom Pedro II e fica localizado na Praça Central da cidade, onde também fica o obelisco, que foi construído para marca o local onde foi exposta a cabeça decapitada de Tiradentes. Fiz um sketch deste obelisco, assim como, também da Igreja de Nossa do Carmo, o portal da igreja de São Francisco (pra mim a mais bonita de todas), as montanha, os telhados e casas antigas, os cafés com ambientações antigas, a igreja de São Francisco de Paula (localizada no alto de uma montanha) e a casa de Aleijadinho. Enfim, foi uma viagem a qual me dediquei ao desenho. Queria colocar em prática tudo que havia aprendido com os mestres Marc Holmes e Francis Ching no Simpósio de Paraty. Pratiquei e se consegui, não sei, mas pelo menos tentei. Mostro aqui pra vocês estes meus desenhos.







18.2.15

Patagônia Argentina e Chilena, janeiro de 2015


Foram 12.250km rodados de 3 a 28 de janeiro de 2015 em companhia de mais dez amigos jipeiros saindo de Foz do Iguaçú até a Villa O'Higgins e retornando a Foz do Iguaçú. 
Paisagens, temperaturas, sabores e odores compuseram parte deste documentário.

















































paisagem em transformação - Natal/RN



Registro de uma paisagem em transformação: duas casinhas coloridas que resistem frente à transformação que ocorre na Avenida Rui Barbosa, na cidade do Natal/RN.

13.2.15

Visita a Arez, RN

Fiz uma rápida visita ao município de Arez, RN, acompanhando professores e alunos do 7º período do Curso de Arquitetura e Urbanismo da UFRN, que irão desenvolver as atividades do semestre letivo neste município.
Aproveitei para registrar desenhos da Igreja Matriz de São João Batitista dse Guarairas, e da portada do cemitério, tombada em nível nacional pelo IPHAN.



9.2.15

Desenhando no bar


À noite eu trabalho num bar fazendo caricaturas ao vivo, e enquanto o movimento está fraco eu fico olhando para as pessoas e passo tudo para o meu caderno de rabiscos.